quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Fechamento do mês - nov/17 - MEU PRIMEIRO MILHÃO


SIM! FINALMENTE! PRIMEIRO MILHÃO ALCANÇADO!!!




É isso mesmoooooooo!
Agora eu sou um milionáriooooo!!! Aeeeeeeeee!!!



Graças a mais uma violentíssima valorização dos Bitcoins, meu patrimônio apenas esse mês aumentou 28,48%, fez com que a valorização desse ano ultrapassasse os 100% e catapultasse todas as minhas estimativas de chegar no primeiro milhão em mais de 6 ANOS (eu tenho uma planilha feita no começo do ano e a visão mais conservadora dela faria com que eu chegasse no valor atual em junho de 2023)!



Bom, quem poderia imaginar que isso iria acontecer esse ano? Eu com certeza NEM NAS MELHORES PREVISÕES E EXPECTATIVAS, mas aí está! R$ 1000000.
Nessas horas a gente vê todo o esforço sendo recompensado, desde aquele primeiro salário de estagiário que já foi boa parte aplicado na poupança, todos os luxos que eu abri mão enquanto via meus amigos comprando seus carros, indo em restaurantes caros e financiando seus apês, todo o julgamento sofrido por ser mão de vaca, todos os comentários idiotas dos que até hoje não conseguem juntar nem R$ 5000 na conta... está aí. CHUPA SEUS OTÁRIOS!



Quem sabe que eu agora sou um milionário? 

NINGUÉM. ABSOLUTAMENTE NINGUÉM. Simplesmente não confio em ninguém para dividir essa informação, ou até confio porém sei a dor de cabeça que isso vai me causar.
Ex: contar para a família mais próxima (pais e irmãos) -> vão me olhar como um banco ambulante, minhas responsabilidades com eles irá aumentar, a notícia pode se espalhar para pessoas que eu não gostaria que soubessem...
Contar para a namorada -> a pressão para tudo vai aumentar: casamento, presentes, mais gastos...
Amigos -> amigos vão e vem, alguns podem se aproximar por interesse, outros se afastar por inveja, não é nada interessante contar para nenhum deles...

Ou seja, a jornada até aqui foi bastante individual e solitária, e poucas pessoas me ajudaram/apoiaram de verdade, então a comemoração é individual e solitária também.

Não vou ostentar, não vou comprar um carrão foda, não vou comprar um imóvel ainda, vou continuar meus planos como sempre continuei. Patrimônio, renda passiva e estabilidade financeira. Vou comprar o que eu quiser mas sem esbanjar. Até hoje não consigo comprar nada que eu considere demasiadamente caro (eu vou em mercados diferentes porque já sei onde encontrar cada produto mais barato).

Pretendo gastar mais em itens que reforcem a minha qualidade de vida e bem-estar, como um plano de saúde melhor, mais cuidados com a saúde e alimentação, itens de lazer (sem exageros) e talvez um carro mais seguro contra acidentes.



Situação dos investimentos

Quem vem acompanhando sabe da alocação absurda que tenho agora em Bitcoins (no começo do ano representava 15% da carteira e hoje representa quase 50%). Para eu rebalancear a carteira, eu precisaria vendê-los e trocar por outros ativos mas quero fugir de impostos, afinal o grande benefício das criptomoedas é estar fora do radar financeiro. Existem algumas estratégias para isso, mas basicamente consiste em pouco a pouco ir retirando devagar e alocando em outros investimentos. Isso deve ser feito com MUITO CUIDADO. Com certeza a receita fuderal vai começar a olhar com muito mais atenção para esse tipo de ativo agora e é mais certeza ainda que vão baixar alguma regulação nas corretoras de Bitcoin para que elas forneçam dados de seus usuários.
Não tenho pressa quanto a isso, o grande problema é deixar muito do meu patrimônio em um ativo de risco que oscila muito (felizmente só pra cima atualmente rsrs).

Visão sobre o bitcoin

Sigo muito tranquilo com relação a isso, acho que ainda está longe de ter a adoção que tem potencial, e com certeza a partir do ano que vem fundos de investimentos vão começar a criar produtos para aplicar em criptomoedas e permitir que os leigos possam ter acesso aos bitcoins sem precisar entender como criar uma carteira e proteger sua chave privada.

Talvez estejamos vivenciando o começo de uma era onde vai ser muito mais arriscado usar moeda emitida pelo governo do que as criptomoedas... eu basicamente fui um early-adopter dessa onda e agora colhi os frutos. Quando comecei o blog jamais imaginei que o que me traria meu primeiro milhão seria esse tipo de investimento tão obscuro e desconhecido.

Rentabilidade do mês: 28,48% (EITA PORRA)
OBJETIVO DO PRIMEIRO MILHÃO ALCANÇADO!!!

É isso aí galera, estou muito feliz, desejo que todos também consigam alcançar seus objetivos e sigam investindo firme com disciplina e paciência... basicamente eu levei 11 anos para juntar a grana que tinha no começo de janeiro, e nesses 11 meses eu ganhei mais que o dobro de uma vez. Uma hora o esforço é rapidamente recompensado.

Abraços!!!

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Fechamento do mês - out/17



YES CARALHO!!!

Mais um espetacular, excelente, impressionante e incrível mês para os Bitcoins!
Eu tinha comemorado que em agosto havia sido o meu melhor mês mas veio outubro e mandou agosto pra puta que pariu. O Bitcoin decola para novos recordes a cada dia e sem sinal de parar.

Com esse turbilhão de altas meu patrimônio esse ano já decolou impressionantes 67%.

Para efeitos de comparação, eu tenho uma planilha que eu fiz no começo do ano simulando cenários pessimistas e otimistas de crescimento do patrimônio nos próximos anos. A alta do bitcoin fez com que eu adiantasse 2 anos nessa planilha!

O primeiro milhão vem se aproximando a uma velocidade que eu jamais poderia imaginar, e só me resta comemorar (apenas aqui no blog, afinal eu não quero ser sequestrado).

Rentabilidade do mês: 16,18%


Como vocês podem ver minha alocação em Bitcoin está altíssima. Sim, é um puta risco, mas até agora o retorno tem sido maravilhoso. Vou ver o que fazer com isso.

De resto os investimentos continuam caminhando dentro do esperado, patrimônio com alta liquidez em títulos TD SELIC e também em CDBs com liquidez imediata.

Agora eu vou encher a cara de álcool e drogas para comemorar!

Abraços!


sábado, 21 de outubro de 2017

Como anda a nerdlife - riqueza, trabalho e relacionamentos

Olá amigos,



Bom o blog está praticamente morto há meses, uso apenas para fazer o report mensal dos lucros e prejús. O objetivo desse post é falar um pouco de como andam as coisas por aqui.

Esse ano está sendo um dos mais intensos da minha vida, não apenas financeiramente mas também em carreira, família e relacionamentos, de um ano pra cá foi como se passasse um furacão em tudo e as coisas ficaram bem diferentes depois.
O começo do ano foi psicologicamente péssimo, eu me afundei em um quadro depressivo muito preocupante que até hoje luto para que não volte mais. Acabei terminando o namoro que estava ruim e para me distrair comecei a frequentar baladas de todos os tipos.

Curtir a vida de solteiro foi algo que eu basicamente nunca fiz intensamente e eu peguei esse período para tirar o atraso. Fui em baladas bizarras na Augusta (muita gente estranha e quantidade absurda de jovens gays, bis e sei lá qual dos 341 gêneros que nascem a cada dia), sertanejas, de universidade, churrascos... fiquei com várias mulheres diferentes, mas nenhuma eu quis desenrolar para algo sério. Foram aventuras legais, mas vazias. Talvez por eu não ter vivenciado isso na idade correta, hoje percebo que não tenho muita paciência para frequentar esses lugares por muito tempo. O funk é maioria nesses lugares com suas letras degradantes e batidas infernais (jamais criticadas por nenhuma feminista que frequenta esse tipo de lugar). O que eu gosto mais é de ir em bares de rock ou afins que as pessoas são mais maduras e a música é realmente boa. Aprendi melhor a me virar sozinho e curtir minha própria companhia, mas o que eu ainda prefiro é ficar em casa de boas assistindo um filminho, série ou videogame.

Financeiramente não tenho absolutamente nada do que reclamar, meu patrimônio decolou de uma forma que eu jamais imaginaria nem em minhas melhores previsões muito graças a aposta no Bitcoin, mas o desempenho nos outros investimentos também não foi nada mal. Estou muito próximo do sonhado primeiro milhão e isso é realmente muito realizador.

Morar sozinho foi uma das melhores decisões que já tomei, minha casa ficou do jeito que eu sempre sonhava, a um custo baixo mas com alguns luxos como sofá e cama tops. Eu não tenho vontade de sair daqui pra nada, é muito bom mesmo ter o próprio canto e ter a liberdade de fazer o que quiser com ele.

Meu calcanhar de aquiles continua sendo os relacionamentos. Estou enrolado com uma garota novamente, mas não consigo nunca sentir empolgação o suficiente para fazer planos de longo prazo e também não me interessa em nada a idéia de casar. Passei muito tempo da minha vida buscando ser auto-suficiente e agora vejo que tenho enormes dificuldades de tocar uma relação a dois. Não que eu seja um namorado ruim, mas eu simplesmente não consigo me atrair o suficiente para querer ter uma vida de casal. Namoros para mim enjoam rapidamente, são chatos, simples assim. É uma situação complicada pois eu tento muito mudar esse tipo de pensamento e comportamento mas não consigo. Se a minha atual parceira desistir do nada eu simplesmente não vou me importar muito, e esse comportamento se repete desde sempre.

Falando mais sobre dinheiro, é curioso como a riqueza ocorre de maneira acelerada depois de muito tempo investindo com poucos resultados. Nós aportadores precisamos dedicar um tempo e esforço gigantescos no começo de nossas vidas para formar um patrimônio sólido, muitas vezes sendo rotulados de mão de vaca, muquiranas e malucos por todos aqueles que trocam de carro a cada ano e não se interessam em construir riqueza, mas depois de uma certa quantia o fator juro composto liga o "turbo" e o seu montante parece adquirir vida própria. Em contraste, vejo muitos amigos que seguiram basicamente os mesmos passos de carreira que eu e agora estão completamente endividados e já numa situação de gastos recorrentes que tornará muito difícil sair da "corrida dos ratos". Em geral é o comportamento idiota da classe média citado pelo colega Corey aqui nesse excelente post. As pessoas tem dinheiro mas não sabem usá-lo e depois culpam Deus e o mundo pelos problemas em que se enfiaram.

Meu emprego anda muito bom e mês que vem irei viajar a trabalho para fora do país pela primeira vez, o que será uma experiência muito interessante e que vai me ajudar a ver melhor como é o mundo fora do Brasil e também quais as possibilidades de eu cair fora daqui. Com o crescimento do patrimônio no ritmo que está fica cada vez menos interessante continuar vivendo aqui nesse terceiro mundo infestado de corrupção, crime, burrice... eu nem posto mais nada sobre política aqui pois simplesmente já não há esperança para que as coisas melhorem tão cedo. Ano que vem a eleição será mais um circo dos horrores onde teremos que optar entre 300 candidatos de esquerda e talvez um Bolsonaro que é mais um personagem caricato do que realmente um potencial candidato de direita que pode resolver problemas.

Bom, acho que era isso. Tenho vários tópicos em mente para postar aqui, mas não vou prometer datas rsrs...

Abraços!


domingo, 1 de outubro de 2017

Fechamento do mês - set/17

Olá amigos aportadores,


Esse mês foi mais um que eu não tive aporte por ainda ter gastos com móveis e decoração do meu novo lar, mas tudo ainda dentro do esperado.
Por causa dos gastos extras e da queda dos bitcoins (que recuperou bem agora no final do mês), meu patrimônio acabou encolhendo no resultado final. Porém a queda foi compensada por um excelente desempenho dos fundos imobiliários que valorizaram muito bem durante o mês.
A estratégia com os bitcoins continua firme e é basicamente onde eu concentro todos os meus esforços de renda variável hoje. O resto vai no piloto automático.

Prejú do mês: -2,39%


Fazia tempo que eu não montava o gráfico acima para enxergar melhor a distribuição do meu patrimônio. Como vocês podem ver o Bitcoin que começou como algo simples já tomou conta de tudo e meu risco está bem alto com ele. Entretanto desde que eu comecei a aportar meu lucro com bitcoins está na faixa de 137%. Ou seja, estou muuuuito no positivo.

O problema com o bitcoin é o seguinte: boa parte desse patrimônio entrou como dinheiro não-declarado pois eu presto alguns serviços e recebo bitcoins como pagamento de salário. Se eu vender meus bitcoins para investir em outra coisa, como eu declararia esse rendimento? Qual seria o imposto a ser cobrado? Eu nunca fui atrás disso pra saber direito, mas acho que boa parte da graça em operar bitcoins é justamente ficar longe do sistema financeiro tradicional e dos excelentes serviços da Receita Federal que não consegue impedir corruptos de movimentarem milhões mas conseguem apreender queijo sem nota fiscal.

Faço também elogios a plataforma da Biva, que pra quem não conhece, permite a nós emprestar dinheiro para empresas e receber mensalmente as parcelas do montante inicial acrescidas de juros MUITO BONS nessa época de SELIC magra. Estou muito satisfeito com a qualidade e até agora não tive nenhum problema com eles. Recomendo a todos!

Bom, na vida pessoal está tudo muito bem! Morar sozinho é sensacional! Não tenho absolutamente nada pra reclamar. Só arrumar a casa está sendo mais chato, mas vou pagar uma empregada pra fazer um faxinão pelo menos a cada 15 dias.

Abraços!

domingo, 10 de setembro de 2017

Fechamento do mês - ago/17

Sejam bem-vindos ao post de comemoração do melhor mês financeiro da história da minha vida!
Graças a eles... os queridos, amados e idolatrados BITCOINS!



O bitcoin teve uma explosiva valorização no mês e basicamente dobrou de preço, catapultando meu patrimônio para as alturas! Uma linda recompensa pra quem sempre acreditou no potencial disruptivo da moeda digital!

Aporte: R$ 0
Rentabilidade do mês: 14,14%

Esse ano estou já com uma rentabilidade acumulada de 47,57%!

Novo lar

Sim aluguei um apê muito bacana e estou em processo de mudança! Por isso esse post veio tão atrasado. Basicamente eu estou numa correria dos infernos nas últimas 2 semanas.
Comprar os móveis e eletrodomésticos, bem como todos os utensílios domésticos está sendo uma das coisas mais divertidas que eu já fiz na minha vida.
Depois pretendo fazer um post mais detalhado. A melhor parte é que eu gastei muito montando tudo do jeito que eu sempre quis e não fez nem cócegas no resultado final do mês.
Cuidar da casa dá trabalho porém é uma atividade bastante prazerosa, além de você se distrair você acaba aprendendo muitas coisas do dia-a-dia e até desenvolvendo novas habilidades. Até cozinhar é divertido.

Em termos gerais os últimos meses tem sido muito bons. Estou me aventurando muito, conhecendo pessoas novas, lugares novas e realizando antigos sonhos. Fazia tempo que não me sentia bem desse jeito.

Abraços!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Fechamento do mês - Jul/17

Olá aportadores!


Acabaram-se as férias escolares que aliviavam um pouco o trânsito do dia-a-dia e agora entra Agosto, o mês mais demorado do ano.
Julho foi um mês extremamente doido em muitos aspectos na vida pessoal, muitas aventuras, lugares bizarros, baladas de diversos tipos, álcool e situações engraçadas. Tudo com prudência afinal aos 30 anos a gente tem que pensar um pouco mais antes de fazer merda.
No mundo financeiro, não consegui aportar para ajudar aqui com a reforma de casa que já se encerrou e agora o caminho está livre para eu poder procurar meu próprio apê.
O patrimônio oscilou e ficou boa parte do mês no campo negativo graças aos amados Bitcoins que já se recuperaram e fizeram o patrimônio saltar pro positivo no final. Eu amo essa moeda mais do que tudo.
No resto dos investimentos tudo está muito sem graça com a queda da Selic já que a renda fixa não paga mais bosta nenhuma e na minha avaliação não dá pra arriscar investir a longo prazo pois eu tenho certeza que ano que vem com a eleição e com os péssimos candidatos que estão disponíveis vai dar merda tudo de novo. Por isso estou extremamente defensivo, usando apenas os Bitcoins como alternativa de renda variável. O restante eu vou alocando em CDBs sem graça com liquidez imediata ou de prazo curto e também os FIIs que basicamente servem como minha futura aposentadoria. Quando eu não sei aonde jogar o dinheiro, eu distribuo nos FIIs e segue a vida.

Rentabilidade do mês: +2,23%

Esse mês eu pretendo começar pra valer a procurar apartamentos próximos do meu trabalho. Acho que isso irá render alguns posts. Estou também achando muito material interessante nos blogs dos colegas.



Abraços!

domingo, 16 de julho de 2017

O que está acontecendo com o Bitcoin?

Bom dia visitantes,


Quem está acompanhando a cotação dos bitcoins nos últimos dias deve ter percebido que a moeda está em queda livre e talvez deva ter ouvido falar sobre siglas estranhas como BIP 148, SegWit, hard fork... Para entender o que está acontecendo é importante ter um certo conhecimento técnico sobre o funcionamento da rede, como o consenso é obtido, quais são os problemas atuais e as propostas para resolvê-los.

Para facilitar a vida de todos indico aqui alguns vídeos e materiais sobre o assunto. Acho importante estudar esse fato pois talvez o que está acontecendo no momento seja uma excelente janela de oportunidade para se posicionar no Bitcoin a longo prazo, contanto que os cuidados necessários sejam realizados!

Basicamente o que vem acontecendo é um conjunto de tentativas diversas de alterar o funcionamento da rede para que alguns dos principais problemas atuais da rede (lentidão, poucas transações por minuto) possam ser resolvidos. O problema é que para isso acontecer é necessário um certo consenso entre todos os membros da rede e caso esse consenso não seja atingido alguns dos membros podem tentar forçar essa mudança "na marra", podendo ocasionar uma divisão na rede (o chamado hard fork), bifurcando o bitcoin em duas moedas diferentes.

Assistam o vídeo abaixo e vejam o link em seguida (em inglês) para entenderem com mais detalhes a situação e se prepararem para o dia 1º de agosto:



A Bitcoin Beginner’s Guide to Surviving the BIP 148 UASF https://bitcoinmagazine.com/articles/bitcoin-beginners-guide-surviving-bip-148-uasf/


Abraços!

domingo, 2 de julho de 2017

Fechamento do mês - Jul/17

Olá aportadores,

O post será rápido pois estou sem muitos recursos técnicos no momento (celular apenas).

O mês foi muito parado em termos de finanças, não consegui aportar devido a uma reforma que estou fazendo na minha casa (que em breve irei embora) e o fechamento do mês foi basicamente no zero a zero.

Aporte: R$ 0
Rentabilidade: -0,04%

Em termos de vida pessoal, minha vida deu uma guinada forte depois do término de namoro. Fui pras baladas, peguei umas doidas, bebi, me diverti, enfim, me senti vivo como há muito não me sentia. Junho foi um mês sensacional nesse quesito. Percebi como é bom ficar solteiro de novo.

Em breve novos posts!

Abraços

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Indo morar sozinho - Introdução

Olá aportadores!



Conforme meus posts anteriores, minha vida mudou de cabeça pra baixo recentemente após terminar um namoro de quase três anos. Como meu capital acumulado cresceu bastante e eu já me sinto mais do que pronto para sair de casa, resolvi colocar meu plano em prática! Por isso irei fazer uma série de posts específicos sobre como farei a transição de morar com os pais para morar sozinho.

A vontade de ir morar sozinho por um tempo já vem de alguns anos e acho que chegou a hora de eu passar por essa experiência. Acredito que será muito legal para meu aprendizado e evolução pessoal. Esse mês já está sendo muito valoroso em termos de novas experiências e aventuras, e morar sozinho será o ápice para que eu finalmente me sinta livre e independente como eu sempre quis. Daí pra frente eu não sei o que será. Esse ano estava sendo péssimo pra mim até então, mas espero que a maré tenha finalmente mudado.



Objetivos!

O objetivo do meu Apê 1.0 é alugar um local confortável, com espaço suficiente para viver sem aperto e receber visitas, próximo ao meu emprego (para economizar com transporte) e de custo mensal mínimo. Quero usar o carro o mínimo possível.
Não procuro um condomínio com nenhuma mordomia, apenas segurança, nada de áreas de lazer ou luxo.
Gostaria de achar um apê com pelo menos os móveis da cozinha inclusos, mas quanto mais, melhor.
Não pretendo gastar muito com faxineira por isso deve ser um local fácil de manter e limpar.
Gosto de bairros tranquilos, longe das grandes avenidas, mas não tão distantes de supermercados, padarias, farmácias e etc (que possa ser possível ir a pé).
Não pretendo ter animais de estimação no começo, mas não me incomodo muito com o barulho alheio.
Farei questão de ter uma sala bastante confortável, com uma excelente TV e som para filmes e jogos, além de um sofá daqueles reclináveis e tal. É aqui onde eu quero focar em gastar bem pra ser feliz. Ah, e fora a cama também.
Alguns móveis que tenho no meu quarto estão ótimos e pretendo levá-los para a nova casa. O gasto com móveis eu quero que seja bem reduzido, em etapas, para que eu possa ir incrementando a casa conforme encontrar pechinchas.
Como não sei cozinhar muito bem (estou em processo de aprendizado rs) não vou inventar de comprar muitas tranqueiras de cozinha. Vou ter que ir comprando os utensílios conforme eu aprender novas habilidades.
A decoração será minimalista, com coisinhas nerds aqui e ali, mas sem frescuras. Tem que ser personalizado, mas também sem exageros desnecessários.
Não faço questão de TV a cabo pois quase não uso, apenas internet com Netflix e filmes que irei baixar.

Como está o andamento?

Estou em fase de planejamento agora, montando planilhas e principalmente olhando os bairros que me interessam.
Um dos problemas que tenho hoje é que trabalho em uma região cara, sem muitas opções de imóveis no nível que eu gostaria de proximidade, mas talvez seja possível encontrar uma opção mais barata a uma certa distância de até uns 2-3km.
O plano é começar a procurar pra valer até o final de julho. Enquanto isso, vou monitorando promoções e até vendo de já comprar o que for possível. Estou aprendendo a cozinhar e me virar, dividindo algumas tarefas aqui de casa pra entender tudo.

Estou aberto a todas as dicas e sugestões dos colegas que já passaram ou possuem qualquer conhecimento que possa ser útil nessa fase! Estou indo com a cara e coragem pra ver no que vai dar...

Abraços!


quinta-feira, 1 de junho de 2017

Fechamento do mês - Jun/17

Olá aportadores,

Chega ao fim o mês de maio, excessivamente contubado, cheio de problemas na vida pessoal, caos total na política brasileira (de novo...) mas enfim, estamos vivos e agora chegou a hora de apurar os resultados e olhar pra frente.

Primeiramente, vamos falar dos bitcoins. Quem acompanhou viu que ele disparou de R$ 4530 do último fechamento do mês para mais de R$ 10000!

CARALHO NERD, VOCÊ FICOU RICO???

E a resposta é NÃO EU NÃO FIQUEI POIS EU REALIZEI A PORRA DO LUCRO MUITO ANTES!!!

Sim colegas, essa foi a melhor oportunidade da minha vida de acelerar minha independência financeira e eu joguei no lixo! Caguei! Enfiei no RABO.



Se eu não tivesse vendido nada eu teria lucrado somente esse mês uns R$ 200000!!! Mas infelizmente eu realizei o lucro cedo com prudência pois não imaginaria um boom tão rápido em tão pouco tempo.

De qualquer maneira o mês teve mais um ótimo fechamento graças aos bitcoins também, pois eu tive lucro de qualquer maneira. Preciso olhar o copo meio cheio também né, rsrs...

Aporte: R$ 3400
Rentabilidade do mês: + 3,87%

No restante eu comprei mais fundos imobiliários baratos após a queda brusca depois do vazamento do aúdio do Temer. Crise é algo ótimo para quem aporta. O governo fazendo merda atrás de merda gera oportunidades imediatas.

Minha estratégia com bitcoins ficou meio perdida agora. Me sentiria mais seguro com uma queda forte da cotação para eu voltar, então vou manter essa idéia.

Na vida pessoal, ficou claro nos posts anteriores que eu estava com problemas. Esse mês eu encerrei um namoro de longo prazo que estava bastante caído desde o final do ano passado. Foi muito difícil, complicado e doloroso, mas agora bola pra frente.

Estou chegando aos 30 em breve e estou com uma boa quantia de dinheiro, livre e independente. Agora vou começar a tocar planos que eu quero fazer há muito tempo, como sair de casa e morar sozinho, voltar a estudar idiomas, me dedicar mais a mim mesmo e minha família, e desejo ficar solteiro por bastante tempo. Acho que será uma jornada muito divertida.


Abraços!



segunda-feira, 8 de maio de 2017

O que procurar em relacionamentos?

Olá amigos investidores,


No nosso meio da blogosfera de finanças falamos muito sobre investimentos e arranhamos um pouco na parte de relacionamentos amorosos.
Naturalmente se propagou no nosso meio o tal "movimento da Real", que apesar de eu concordar com algumas coisas, se torna muitas vezes extremista na vilanização da mulher e no ceticismo de que não possam existir relacionamentos felizes e saudáveis no mundo. Acaba virando um refúgio de adultos fracassados em experiências amorosas.

Uma coisa que eu considero correta no movimento é evitar acreditar no amor romântico, aquela coisa bonitinha onde toca musiquinha cada vez que o casal se beija, onde o sexo é super lento e sensual e as pessoas estão sempre vivendo na propaganda da margarina. Isso realmente é muito raro na prática e a juventude de hoje está partindo cada vez mais cedo para a putaria e degradação moral, o que desencoraja ainda mais a busca por relacionamentos de longo prazo.

O casamento como algo sagrado e cheio de valores está em completa decadência pois não existe mais a religião como base e sim apenas um contrato do casal com o estado dizendo que a união existe e nada mais. As festas se tornaram verdadeiros espetáculos para agradar o ego feminino e gastar dinheiro, coisa que eu e boa parte aqui dos que lêem deve odiar.

Por isso, é importante refletirmos sobre nossos objetivos pessoais com relacionamentos. Nós aqui cuidamos do dinheiro e geralmente isso é uma tarefa muito simples comparada a de manter uma boa relação funcionando. Dinheiro é puramente matemática e comportamento. Se você alinhar corretamente seu conhecimento financeiro com os melhores hábitos o caminho para o sucesso pode ser trilhado sem maiores desafios.

Vejo muitas pessoas sofrendo no nosso meio (incluindo eu mesmo) criando sentimentos ruins e frustrantes sobre qual rumo tomar na vida. A busca pelo relacionamento perfeito cria expectativas irreais mas a opção de ficar sozinho também pode ser fantasiosa e tomar rumos desagradáveis. Vou tentar fazer uma lista do que devemos considerar:

Características encontradas em relacionamentos bons:


  • Boa companhia para todos os dias
  • Ter alguém para fazer programas a dois
  • Estabilidade nos sentimentos
  • Sexo mais satisfatório com química do casal
  • Dividir as tarefas do dia-a-dia
  • Construir uma família com ou sem filhos
  • Desenvolvimento pessoal
  • Aprendizados e novas experiências
  • Planejamento familiar

Características encontradas em relacionamentos ruins:

  • Comodismo e insatisfação
  • Responsabilidades com a outra pessoa
  • Obrigação de se relacionar com os membros da família da parceira
  • Sexo monótono ou ruim
  • Aceitar características ruins da parceira
  • Interferência nos hábitos financeiros
  • Submissão às vontades da parceira
  • Perda de interesse em cuidar da saúde
  • Brigas e estresse constante
  • União forçada por falta de dinheiro ou pelos filhos


Acredito que todos nós buscamos somente as características boas, porém infelizmente quando se tratam de sentimentos o nosso cérebro não funciona de forma tão eficiente e racional quanto deveria.
O lado afetivo do ser humano é baseado em experiências e modelos que vivenciamos ou observamos desde bebês até a adolescência, e muitas vezes somos levados a repetir esses padrões de forma consciente ou inconsciente na vida adulta, sendo eles bons ou ruins.

Os vídeos abaixo do canal The School of Life ilustram bem como as relações funcionam - e ajudam a entender porque nos comportamos da forma que nos comportamos:






Ninguém nos ensina corretamente como procurar e lidar com relacionamentos - assim como acontece com a educação financeira. Esse tipo de autoconhecimento deve ser buscado para que possamos encontrar a satisfação nessa área de nossas vidas e evitar as armadilhas que vemos diariamente em casais e solteiros infelizes. Assim como o sucesso financeiro, acredito que é perfeitamente possível encontrar o sucesso no amor; porém é muito mais difícil do que chegar àquele primeiro milhão.

Abraços!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Fechamento do mês - Abr/17

Olá amigos anônimos,


Estou sem postar coisas além do fechamento faz tempo, infelizmente. Estou colocando a vida em ordem, então acaba não sobrando muito tempo ou idéias para novos posts.

Abril foi um mês rápido, sem grandes novidades. Mês passado eu liquidei minhas posições no Tesouro Direto IPCA e Pré, agora eu coloquei uma parte dessa grana em Tesouro Selic para deixar o capital seguro e estável (Tesouro Selic sempre sobe). Minha estratégia é baseada na preocupação de que a economia volte a piorar caso as reformas não sejam aprovadas ou então depois da eleição de 2018, onde os potenciais candidatos são horripilantes e se não der nenhuma zebra, a chance de um esquerdista mongol ganhar é grande.
Tivemos a ameaça de greve geral nessa sexta dia 28/04 e foi um tremendo fiasco, literalmente meia dúzia de pelegos da CUT tentando fechar algumas rodovias. Índios de adidas (apropriação cultural?), sindicalistas e funcionários públicos dando seus últimos suspiros pois o brasileiro comum finalmente acordou e viu que essa galera só quer saber de proteger próprio rabo.
Eu espero que a CLT mude muito mais do que essa reforma propõe, o Brasil tem muita coisa pra melhorar e um dos entraves é essa maldita lei trabalhista. Sou PJ há 6 anos e foi a melhor decisão que tomei. Basta você ser realmente qualificado e ter valor pro mercado de trabalho (vagabundos da CUT odeiam esse conceito) e não precisa de Estado te protegendo.

Uma coisa que todos precisam abrir o olho a partir de agora é a censura que as redes sociais e gigantes de busca como Facebook, Google e Twitter estão impondo como resposta as chamadas "fake news", termo adotado fortemente por toda a mídia mainstream depois da derrota de Trump, sem qualquer prova ou dado concreto. Emissoras como CNN e NBC propagaram por meses notícias falsas a favor de Hillary sem o menor pudor, mas quando Trump venceu a vitória foi atribuída a blogs e youtubers independentes que simplesmente fizeram um trabalho muito melhor do que a imprensa comprada.
Com isso Facebook e Google implementaram um sistema descarado de censura com a desculpa para prevenir fake news, mas o que está acontecendo de fato é que canais famosos de liberais e direitistas estão simplesmente sendo rotulados como propagadores de notícias falsas deliberadamente, enquanto todos os canais de extrema-esquerda continuam livres. A consequência é que além dos canais de direita sumirem das buscas, eles não poderão mais ser monetizados no YouTube, removendo o incentivo econômico de geração de conteúdo. É uma bomba na liberdade e todos nós estamos sentados apenas observando essa utopia socialista de controle de opinião se propagar silenciosamente.


Bom, vamos ao fechamento:

Rentabilidade do mês: +4,90%
Aporte: R$ 5680,00


Os Bitcoins sempre surpreendendo positivamente voltaram a subir forte e agora estão batendo recordes históricos com bastante volume e solidez. Consequentemente tive mais um salto forte no patrimônio.
De resto nada mais se destacou muito. Tive que fazer um empréstimo para um familiar, não coloquei como débito e sim como se o dinheiro tivesse sido movido para uma outra conta. Conforme ele for me pagando, a porcentagem no patrimônio vai diminuindo.
Dei uma rearranjada na carteira de FIIs que segue estável e muito bem. Infelizmente os CDBs e LCIs não estão mais rendendo como antigamente porém a inflação também caiu então em termos de ganho real não faz muita diferença, é melhor ter uma economia rodando mais saudável.


Até o momento estou com uma evolução anual monstruosa de 21% basicamente por conta dos Bitcoins e dos lucros com a venda antecipada dos TDs. Para fins de comparação, alcancei essa evolução no ano passado somente no mês de setembro! Está realmente tudo fluindo maravilhosamente bem na parte financeira.

Os problemas do dia-a-dia que me levaram a ansiedade e depressão estão pouco a pouco se resolvendo, mas ainda preciso resolvê-los corretamente para me livrar da fase ruim na vida pessoal. Pelo menos tenho o conforto de que o patrimônio está decolando. Hehehe.




Abraços e bom mês de maio para todos!


quarta-feira, 5 de abril de 2017

Fechamento do mês - Mar/17

Demorei, mas cheguei!

Março passou demorado, nada de muito importante aconteceu nas finanças. Liquidei o TD, estou um pouco pessimista com a recuperação da economia. Vou tentar focar em outros investimentos por enquanto, mesmo que rendam menos, mas achei importante realizar o lucro nos títulos IPCA que renderam bastante.

Por isso estou com uma grana alta desalocada que pouco a pouco vou colocar inicialmente em aplicações conservadoras e talvez algumas mais arriscadas. Esse mês também comprei uma debênture da Cemig que paga 9,4% + IPCA por um período de uns dez anos. Nada mal.

Bitcoins ficaram no marasmo esse mês, nenhuma novidade nessa área. Alguns FIIs deram uma caída e eu vou analisar de reforçar um pouco essa carteira, que é bastante estável também.

Como eu liquidei o TD e eu não contabilizava o valor de mercado dele, isso deu um forte impulso no meu fechamento do mês.

Rentabilidade do mês: +5,98%
Aporte: R$ 3500,00

O triste é que a partir de agora dificilmente eu conseguirei rendimentos tão grandes em um único mês. A carteira provavelmente vai crescer a passos bem menores até o final do ano, o único grande fator de oscilação atual são os bitcoins.



A vida pessoal infelizmente anda ruim... crises de ansiedade, episódios de depressão... mas estou procurando ajuda médica. A cabeça anda ruim e eu tenho uma forte tendência a ser ansioso (genética) o que piora bastante a situação. Mas faz parte.

Abraços!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Fechamento do mês - Fev/17

Olá aportadores!


Fevereiro foi mais um mês extremamente lucrativo graças aos bitcoins e também de mais uma queda da SELIC, que foi acompanhada pela natural valorização dos títulos do Tesouro e também dos Fundos Imobiliários.

O brasilzão continua na mesma mas a diferença é que em fevereiro o pessoal samba e vai pra putaria pra buscar a felicidade. Como sempre fui um cara mais tradicional inadepto dessas festividades cada vez mais idiotas, fui para o interior apreciar a paz do campo e comida de boa qualidade rsrs.

Aporte: R$ 3200,00
Evolução: 6,21%


A parte de "Outros" do gráfico se refere a um punhado grande de bitcoins que vendi e ainda não sei a que vou destinar. O resto continua igual. FIIs eu não compro nada faz meses, está estática a minha carteira, esse mês completa um ano de existência e que me trouxe um excelente resultado.

Nos últimos 3 meses meu patrimônio subiu feito um foguete principalmente graças aos amados bitcoins. Eu sempre fui otimista com relação a moeda, mas confesso que foi uma disparada muito além do que eu esperava para um prazo tão curto! Nada mal!

Ando bastante indeciso sobre meu futuro, o que está me fazendo ficar paralisado no meu estado atual, o que não é nada bom. Tenho algumas preocupações, principalmente no que diz respeito à relacionamentos, talvez acabe comentando aqui em um post. Como comentei no post "O que fazer após a independência financeira?", estou me sentindo vazio em outras áreas da minha vida, agora que as finanças estão bem encaminhadas. Queria ter a cabeça menos preocupada para ter uma vida mais leve...

Abraços e um excelente mês de março a todos!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Bitcoin rompe a máxima histórica

Olá aportadores,


Estamos nesse momento presenciando o rompimento da máxima histórica do Bitcoin! A moeda já se aproxima dos 1200 dólares!
Quem acompanha o blog sabe que eu invisto em Bitcoins desde o final de 2015 e desde então ele se tornou o meu ativo com maior crescimento, disparado.



Está caro? Está barato?

Responder a essa pergunta é muito díficil. Lembrando que o Bitcoin possui as seguintes propriedades:


  • Moeda deflacionária, não controlada por nenhum Banco Central keynesianista
  • Total fixo de moedas a serem emitidas de 21 milhões (infinitamente divisíveis, hoje com 8 casas decimais, mas pode ser alterado futuramente)
  • Regras bem definidas para a emissão de novas moedas (hoje 12,5 moedas são geradas como recompensa para cada novo bloco, e daqui um tempo isso cai pela metade, gerando mais escassez)
  • Anonimato para o usuário, o dono da carteira é aquele que conhece a sua chave privada e fim
Esses são alguns fatos recentes:
  • Mais e mais corretoras surgindo ao redor do mundo, trazendo volume para a moeda
  • Muitas startups criando produtos e serviços com base no Bitcoin, como o purse.io, que permite comprar pela Amazon usando Bitcoin com descontos
  • China, a grande potência comunista que escraviza sua população e controla toda a internet no país, não está conseguindo barrar o uso de Bitcoin que seu povo agora usa para fugir da moeda local manipulada e fraca, trazendo grande demanda
  • Mudanças na rede são aguardadas nos próximos meses trazendo maior velocidade nas transações e buscando eliminar o gargalo atual que é a demora na confirmação de pagamentos
  • Existem vários projetos de ETFs que querem operar Bitcoins, o mais popular deles criado pelos gêmeos Winklevoss (aqueles do Facebook) será julgado dia 11 de março. Existe uma pequena chance de aprovação, mas caso se concretize, esse fundo traria uma enxurrada de bilhões para o Bitcoin
  • O cerco está se fechando em vários países contra a moeda de papel. Com a desculpa de ser um meio de usar o dinheiro para fins ilícitos, na verdade o desejo dos burocratas é transformar o dinheiro todo em algo 100% digital, facilmente rastreável e confiscável
  • O dinheiro que temos hoje não possui lastro e sua emissão é totalmente controlada pelo governo, que pode decidir acabar com o seu valor do dia pra noite
  • O mundo caminha para o estouro de uma bolha de crédito alimentada após a crise de 2008 (que nunca acabou, apenas foi silenciosamente inchada para um desastre futuro ainda maior)
Acredito que estamos em um momento histórico onde as chances de ocorrer um cisne negro (evento altamente inesperado com consequências imprevisíveis) são enormes e a moeda como conhecemos nunca esteve tão fragilizada. Toda a moeda existente hoje é baseada na confiança de que ela tem algum valor, pois ela não está mais amarrada a nenhum ativo real.

Dito isso, se realmente um crash vier a ocorrer, creio que haverá uma fuga em massa da moeda para ativos reais como imóveis, ouro e agora os Bitcoins. Mesmo se o crash não ocorrer, caso o Bitcoin continue na trajetória de sucesso atual, ele consequentemente irá se valorizar pouco a pouco frente as moedas inflacionárias comuns.

Essa é minha visão, por isso acredito que a longo prazo a tendência é que o Bitcoin continue subindo de forma sustentável. A curto prazo, podem ocorrer oscilações de todos os tipos, correções bruscas e tudo mais que estamos acostumados a ver em um mercado livre. Cabe a cada um estudar e decidir o que fazer (ou passar longe rs).




Abraços!


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

O que fazer após a independência financeira?

Olá aportadores,


Geralmente a blogosfera trata da questão da independência financeira como um objetivo de longo prazo a ser alcançado e a maior parte do público são pessoas que querem enriquecer com seus investimentos mas ainda tem um longo caminho pela frente. Ok, mas e se você já chegou lá? O que fazer?



É muito importante que o lado psicológico do investidor esteja preparado para ser financeiramente independente; afinal você terá muito mais liberdade para fazer o que quiser, trabalhar com o que quiser e ter a vida pessoal mais apropriada para o seu perfil. Entretanto, a riqueza por si só não trará a felicidade automaticamente. Pelo contrário, ela irá expor de forma mais clara os problemas que você possui no restante da sua vida.

Veja só o cenário padrão: as pessoas passam a maior parte da vida trabalhando e pagando contas. Uma das maiores preocupações das pessoas comuns é justamente com o próximo salário que em geral acaba mais rápido que o mês. Muitos adultos dedicam toda a sua vida até a aposentadoria dentro da famosa corrida dos ratos. A corrida dos ratos acaba se tornando o estilo de vida padrão que vemos em todas as pessoas ao nosso redor. Com qual frequência ouvimos as pessoas reclamando da falta de dinheiro no dia-a-dia? Acredito até que muitos casamentos infelizes persistem justamente por questões financeiras (um depende do outro financeiramente para poder sobreviver e continuam na união insatisfatória por conta disso).

Ao conquistar a liberdade financeira todos esses problemas que as pessoas ao seu redor enfrentam por não saberem lidar com o dinheiro desaparecem da sua vida. Porém, outros problemas podem "preencher" esse vácuo com maior intensidade. Um relacionamento monótono pode se tornar um relacionamento muito infeliz se o(a) parceiro(a) não corresponde as suas expectativas. Seu emprego pode se tornar sem sentido pois você não depende mais daquele dinheiro e não sente que faz algo de útil ou satisfatório com seu tempo. Suas amizades podem se tornar vazias pois você não tem com quem conversar sobre seus investimentos e seus planos, já que todos estão presos na corrida dos ratos.

Veja só o que acontece na vida de pessoas ricas e famosas. A liberdade proporcionada pelo dinheiro acaba destruindo as pessoas de mente mais fraca. Alguns entram para uma vida hedonista de luxo, ostentação e desprendimento de qualquer valor ético e moral que seja um obstáculo para seus impulsos. Outros se afundam em vícios e relacionamentos curtos e destrutivos. Outros se sentem até mesmo culpados por terem tanto e buscam desesperadamente um sentido maior para suas vidas, geralmente se tornando parte do "esquerdismo caviar" como caminho mais fácil (o jeito mais fácil de poder aproveitar seu jatinho particular altamente poluidor sem remorso é militar contra o aquecimento global ao estilo Leonardo DiCaprio).



Pessoas comuns geralmente não se dão ao luxo de estragarem suas vidas dessa maneira por não terem tempo e dinheiro em abundância e estarem presas a rotina de trabalho e salário. Quantas pessoas você conhece que se ficassem milionárias amanhã com certeza torrariam o dinheiro de forma imprudente com decisões estúpidas? Se até mesmo nós que dedicamos boa parte da nossa vida em aprender a lidar com o dinheiro corremos o risco de desvirtuarmos as nossas vidas ao obter a riqueza, imagine colocar esse poder nas mãos de pessoas que jamais fizeram um simples orçamento doméstico.

As pessoas comuns vivem vidas menos ambiciosas. Casam com pessoas comuns sem ambição, vivem cercadas de colegas e amigos comuns sem ambição. Já quem busca a independência financeira acaba virando um ponto fora da curva e tem dificuldade de se encaixar nos meios sociais tradicionais. Quando o dinheiro não é um problema na sua vida, as pessoas que possuem problemas com o dinheiro podem acabar te prejudicando involuntariamente. Quantas vezes você já não se irritou ao ver alguém reclamando de dinheiro enquanto gasta tudo de forma estúpida com um estilo de vida que não condiz com o patrimônio? Quantos problemas familiares acontecem por causa da falta de dinheiro ou da imprudência de um parente que vive sustentado pelos demais?

É importante preparar a mente para estar preparado pro caso de uma eventual riqueza assim como para o caso de um revés financeiro. Nas outras áreas de sua vida você está caminhando para o rumo que gostaria? A pessoa que está ao seu lado será um aliado ou um problema quando você ficar rico? Sua família é interesseira e vai te procurar buscando favores? Seu emprego te satisfaz ou você pretende largá-lo? Se largá-lo, vai fazer o que no tempo livre? Irá fazer trabalhos voluntários para ajudar as pessoas necessitadas ou tentar passar seu conhecimento financeiro para quem precisa? Qual será sua filosofia de vida? A religião terá um papel para te ajudar no seu crescimento espiritual (no sentido mais amplo da palavra)? Você quer constituir família e filhos ou se desprender do padrão geral?


Abraços!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Islã

Hora de polêmica!

O mundo está sendo invadido pela onda mais estúpida de esquerdismo que a humanidade já vivenciou e cujo objetivo principal é destruir completamente a sociedade ocidental que foi criada com base na cultura judaica/cristã.
A esquerda mundial fez o alinhamento mais bizarro já visto na intenção de detonar o capitalismo e conquistar a tão sonhada igualdade universal que nos tornará formigas a serem adestradas por um Estado gigante e totalitário: a promoção do islamismo e a invasão da Europa por seus seguidores de forma massificada e sem controle.
Antes de reclamarem da crise dos refugiados, alguns dados bastante relevantes:
60% dos imigrantes que chegam a Europa não são refugiados. Estão apenas saindo de sua terra natal para tentar a sorte em um país melhor.
Grande parte desses imigrantes são homens jovens fortes em idade militar. Aquela imagem romantizada das famílias com crianças fugindo da guerra infelizmente é a grande minoria. O que temos ali são possíveis soldados invadindo o território europeu no maior cavalo de tróia já visto pela humanidade.

Por que a esquerda está promovendo essa agenda?

Esquerdistas em geral odeiam todos os valores que fazem o ocidente tão bom: propriedade privada, acumulação de capital, cristianismo, família tradicional. Todos esses elementos que moldaram boa parte da cultura são obstáculos para uma agenda socialista onde o Estado deveria ser o Deus da civilização, cuidando de todos com a ternura de um pai carinhoso.
Os jovens de hoje vão para a faculdade para aprender que são seres especiais e que o mundo é um lugar mágico onde todos os problemas podem ser resolvidos transformando os humanos em formigas sem pensamento livre, submetidos a um poder central que irá ditar todas as regras de nossa vida, nos colocando em uma realidade utópica maravilhosa onde todas as injustiças serão eliminadas.
A estupidez da esquerda é tamanha que o uso da burca está sendo promovido como um sinal de empoderamento feminino. Qualquer criança de 7 anos consegue ser mais coerente do que o discurso esquerdista que está sendo aplicado para promover o islamismo.
A verdade é que o islamismo está sendo usado como uma ferramenta da esquerda para conseguir atingir a maldita sociedade igualitária que tanto sonham, destruindo todos os valores que moldaram o ocidente. A promoção da agenda maldita que consegue ao mesmo tempo promover o extremo-feminismo e defender que o povo aceite seus bairros, escolas e igrejas sendo invadidas por uma cultura machista repugnante que os odeia e os enxerga como infiéis.

Quais são as consequências?

Bairros tomados por muçulmanos que não aceitam outra lei a não ser a Sharia (lei islâmica).
Mulheres sendo estupradas e molestadas ao andarem na rua.
Mulheres sendo agredidas violentamente por muçulmanos.
Crianças sendo abusadas e parques sendo tomados por adultos violentos.
Bairros sendo invadidos por passeatas de muçulmanos violentos.

Tudo que estou falando aqui é real e pode ser conferido nos vídeos abaixo, para quem acha que está havendo algum exagero ou teoria da conspiração.















Alguns idiotas dizem que devemos respeitar todas as religiões e alguns chegam a dizer que o islamismo não é muito diferente do cristianismo, que também promoveu guerras e conflitos no mundo inteiro. Temos abaixo o vídeo de um muçulmano convertido que explica com mais detalhes as diferenças entre cada religião. Vejam até o final.





Essa é a crise mais grave que está crescendo diante de nossos olhos e basicamente todos os líderes mundiais estão pouco se importando com isso, pois atende aos objetivos da esquerda. A maioria dos países islâmicos não são democráticos, com seus líderes vivendo na riqueza absoluta enquanto o povo se satisfaz com a cultura bárbara promovida pelo alcorão. Um prato cheio para todos os amantes de ditaduras como o patético primeiro-ministro canadense.





Em pouco tempo a Europa será de maioria islâmica e todos os IDIOTAS ESQUERDISTAS que lá vivem terão de fugir para qualquer país civilizado que ainda os receba, quando perceberem que seus cartazes de apoio à imigração descontrolada serviram apenas para que o vizinho gay fosse condenado à morte pela Sharia, que suas mulheres perdessem o direito de andar livremente e que o vazio do secularismo fosse tomado por uma religião que promove o ódio e a destruição de todos que não a seguirem.


As perguntas que ninguém está fazendo pois o politicamente correto não permite:

  • Como poderemos integrar a uma sociedade livre, com liberdade religiosa, sem interferência da igreja com o Estado, uma outra cultura que prega uma religião única, a morte dos infiéis, e um código de leis a serem seguidos completamente incompatível com a nossa?
  • O que acontecerá quando eles se tornarem a maioria em uma sociedade cuja taxa de natalidade é de 1,8 crianças por casal enquanto a deles é de 8,1?
  • Até onde podemos ceder ao "costume religioso" quando isso entra em conflito com as leis que moldaram a sociedade livre?
  • Qual o impacto no desenvolvimento de uma sociedade ao incluir uma cultura que tem aversão pela ciência e parou no tempo?


Amiguinhos esquerdistas, saiam da bolha em que vivem e lutem para que a sociedade ocidental que vocês tanto amam odiar não seja realmente destruída por uma cultura bárbara que trará o fim de toda a liberdade que vocês tanto valorizam antes que seja tarde demais.

O autor dessa tirinha genial teve sua conta no Twitter suspensa sem maiores detalhes, provavelmente por ofender os esquerdistas que comandam a empresa. Ele continua no gab.ai.






terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Fechamento do mês - Jan/17

Saudações visitantes!

2017 começou e já deu pra sentir o gosto do que está por vir o resto do ano: crise, crise e mais crise.
Em São Paulo, João Dória faz o que o PT não está acostumado: trabalha! E a imprensa, é claro, cai matando em cima. Foi pra cima dos pichadores nojentos e a imprensa os tratou como artistas. Fez parcerias privadas com empresas ao invés de torrar nosso dinheiro e os jornas reclamaram. Impressionante. Só mesmo sendo maconheiro e dando o cu pra agradar essa galera.

No Brasil tudo continua a mesma merda, os juros caíram, o mercado se empolgou, eu ainda estou cético: vai dar merda se o governo não parar de gastar que nem um desgraçado. O Estado continua devorador de todos os recursos e o povo continua na merda, empresa continua sem capital de giro, imposto e mais imposto todo dia e etc.

No mundo, o efeito Trump dá as caras em todos os telejornais. A imprensa já mostra que cada peido que Trump der será acompanhado de muita encheção de saco, protestos, black blocs, ONGs, feministas, aborteiros, manginas, LGBTXYZ e toda a modern society barulhenta que faz auê demais enquanto as pessoas normais trabalham e tentam tocar suas vidas de forma digna.
Trump proibiu a imigração de 7 países considerados por Obama altamente perigosos por alguns meses? Islamofobia! Obama revogou a lei dos pés descalços, que garantia cidadania a todos os cubanos que conseguiam fugir da maldita ilha dos Castro? Nem um pio. Trump não quer que aconteça com os EUA o que está acontecendo com a Europa? Monstro! Obama bombardeou por 8 anos esses países que agora enviam refugiados pro mundo todo? Ah deixa pra lá...

O duplo padrão da imprensa engatou a quinta marcha e agora parece que já não existem mais máscaras a serem derrubadas. Trump se transformou no vilão perfeito para todos que engolem as notícias do mainstream. Esquecem de mencionar que metade dos EUA votaram nele! A mongolice dos artistas e jornalistas que atacam Trump o tempo todo vai ser a ruína dessa gente. Trump tem inúmeras falhas: é arrogante, egocêntrico, prepotente e protecionista. Mas o jogo sujo dos jornais chegou ao cúmulo do ridículo e o mandato dele mal começou.

Meu palpite: o FED criou a bolha de crédito que vai levar a economia dos EUA pro buraco e agora com Trump no poder e toda a imprensa contra ele, basta estourar a bolha e apontar o dedo. A narrativa vai culpá-lo de toda a crise que está por vir e que está sendo alimentada durante anos, abrindo caminho para um novo esquerdista assumir o poder no próximo mandato.

Só nos resta rir com toda a imprensa brasileira que consegue fazer um trabalho muito pior falando dos EUA do que quando falavam do PT.

Bom, esse é o tom de 2017. Vamos ao fechamento:

O mês foi muito bom. Aportei pouco porém foi o esperado pois janeiro tenho muitos gastos sempre. Os Bitcoins sofreram uma correção muito forte e muito rápida no começo do mês e chegaram a devolver todos os ganhos das últimas semanas de 2016. Quando a queda começou eu liquidei toda a minha posição e depois recomprei tudo de novo quando reestabilizou. Nisso eu consegui multiplicar meus bitcoinzinhos e no final um bom lucro no mês com eles. O TD também disparou (apesar de eu não contabilizar, eu contabilizo o rendimento proporcional até o vencimento usando uma planilha doida) e os FIIs graças à queda de juros maior.

De resto é resto, estou estudando outros produtos financeiros como o Biva e o Urbe.me, dêem uma olhada, é bem legal. Acho interessante colocar o dinheiro para trabalhar com empresas de verdade ao invés de ficar jogando só no Tesouro e alimentando o governo.

Resultado do mês:

Aporte: R$ 300,00
Evolução: +3,15%


Abraços e bons investimentos!





quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

PagPouco.com

Post rápido para dar uma dica muito boa para economizar no supermercado: o site pagpouco.com:


Descobri ele recentemente e já estou usando bastante. O site compara preços nos mercados da sua região, permite que você faça sua lista de compras, crie alertas de preço para os produtos que quer pechinchar e faz a comparação de preço de forma bastante precisa.

O que eu mais gostei é que depois que você monta a lista, você tem a opção de ir no mercado onde você irá comprar tudo mais barato, ou então a opção de ir em vários mercados diferentes, pegando a pechincha de cada um. Cara, eu esperei a vida toda por um site desse rs. Tem versão pra celular também, funciona legal.

Fiz a propaganda de graça aqui pois eu achei a idéia e a execução fantásticas, não sei se cobre ainda muitas regiões, mas é revolucionário. Dá pra economizar uma boa grana por mês.

Abraços!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Novatos em finanças



Percebo a cada dia mais como o brasileiro médio é muito mas muito amador em qualquer coisa relativa a finanças. Quem está acompanhando a alta do bitcoin recentemente deve ter visto que a moeda disparou desde metade de dezembro, hoje caiu um bocado, e amanhã sabe-se lá o que vai acontecer. Esse comportamento é natural no livre mercado e vemos isso diariamente em ações, opções, moedas e etc.

Como eu já invisto desde os 20 e já fiz várias cagadas vergonhosas estou bastante acostumado com a oscilação de tudo e após ler bastante sobre o mercado, investimento a longo prazo, entender um pouco de análise fundamentalista e principalmente pela própria experiência de erros que me fizeram aprender bastante, não ligo muito para isso e procuro fazer o essencial que é tentar não achar explicações racionais para os movimentos de curto prazo, pois qualquer mercado é a soma de inúmeros agentes (pessoas e empresas) cada um com seus próprios objetivos, pensamentos e convicções, jogados em um ambiente de livre troca, que forma e desforma tendências como ondas.

Dito isso é muito triste perceber o amadorismo do brasileiro médio relacionado ao mercado de ativos. Quando tento dar dicas para os amigos e colegas, as perguntas sempre são as mesmas:

"Mas eu posso perder dinheiro?"
"Mas e se cair a cotação?"
"Não é muito arriscado?"

O medo da perda é absurdo entre as pessoas que nada tem. Essa é a parte mais irônica de comparar investidores com não-investidores. As pessoas que não possuem nada de patrimônio morrem de medo de ter algum um dia e perder uma parte dele do dia pra noite com a queda de alguma ação ou desvalorização de um título do tesouro direto.

Lembro dos fóruns da ADVFN que frequentava quando comecei a tentar fazer trades. Achava como todo novato que o mercado era fácil de ser domado, e que eu iria multiplicar aqueles 5 mil que eu tinha acumulado muito rapidamente. Lá era dominado por malucos como eu na época e traders frustrados que perderam fortunas e tentavam desesperadamente recuperar o dinheiro. Além dos espertões que passavam o dia gritando e propagandeando o mico que possuíam em mãos tentando criar um movimento de compra ou algo do tipo.

Felizmente caí fora daquele lixo logo no começo e passei a ler, ler e ler muito sobre investimentos. A pressa de querer ganhar me fez perder muito pois eu pulei a etapa mais importante que é estudar a fundo em obras de boa qualidade ao invés de fóruns e porcarias da internet.

Hoje vejo o mesmo movimento principalmente nos fóruns e grupos sobre bitcoin. Tem maluco abrindo tópico perguntando se acham que a moeda vai subir ou cair. Ou a galera que mete o pau no cara que alerta sobre o movimento de compra exagerado e a tendência de correção no curto prazo. As discussões são tão estúpidas que às vezes caio na risada, mas percebo que por trás disso existe uma cultura hedonista que hoje preenche todo o espaço brasileiro baseada no consumo desenfreado, no viver pelo prazer instantâneo e na perda de hábitos como apreciar arte de qualidade e estudar através de livros. A pessoa quer que o dinheiro dela suba sem parar e age com a emoção, pois não possui nenhum alicerce baseado na razão quando faz uma compra ou venda.

Somos um povo que lê muito pouco (quando sabe ler alguma coisa), não poupa nada, ouve lixo e tem fé no governo, uma receita que vai nos condenar ao fracasso e a estupidez financeira por muitos anos ainda.



domingo, 1 de janeiro de 2017

Fechamento do mês - Dez/16

Feliz Ano Novo!

Que 2017 seja um ano ainda melhor para nós investidores em todos os aspectos.
Que todos nós possamos seguir firme com nossas estratégias de crescimento financeiro e pessoal.

Resumão 2016: destruição do PT, recuperação tímida da economia, valorização da bolsa, establishment sendo destruído na Europa e EUA, esquerdistas demonstrando seu desprezo pela democracia, Mohammeds explodindo e fuzilando pessoas... enfim realmente foi um ano longo e bastante turbulento, mas financeiramente foi muito bom pra muita gente.

Por aqui realmente foi muito bom. 2016 foi um ano onde eu adotei uma estratégia bastante conservadora com ativos brasileiros, focando somente em Tesouro Direto e FIIs, mas bastante agressivo com os Bitcoins, moeda que eu resolvi aportar pra valer ano passado.

E o resultado não poderia ter sido melhor. Nesse mês de dezembro, a cotação em reais saltou de R$ 2606 para R$ 3400! Esse boom da moeda fez com que eu conseguisse meu melhor mês de todos os tempos, em um mês onde eu não consegui fazer aporte nenhum pois tive uma série de gastos extras com empréstimos e viagens.

Com isso eu finalmente atingi o tão esperado meio milhão e ainda com uma boa folga. 2016 foi um ano muito bom!

Curiosidades: esse ano eu aportei muito pouco comparado aos outros anos, porém o rendimento da carteira foi muito alto, mostrando que depois de alguns anos sofridos de aportes grandes que exigem muitos sacrifícios, você pode chegar na casa dos 30 anos respirando bastante aliviado pois o bolo formado começa a gerar dinheiro automaticamente. Em termos proporcionais, de todo o montante que meu patrimônio cresceu em 2016, 20% veio de aportes e 80% de rendimentos!

Graças a isso pude fazer uma viagem tranquila para um lugar muito bonito, ao contrário dos meus amigos endividados que passaram sufoco o ano inteiro e não puderam fazer nada sem entrar em novas dívidas. Aproveitei muito, comi em lugares fantásticos e não pesou no bolso. Aporte desde cedo para poder ter esse tipo de experiência. É muito bom ver e aproveitar os frutos da disciplina financeira.



Estratégia para 2017? Ainda estou pensando... vou liquidar uma boa parte da minha posição em Bitcoins e transformar em FIIs e TD. Depois disso vou ver se vale a pena formar uma carteira de ações. Talvez eu compre algum produto da Empiricus pra me ajudar com isso (aceito sugestões).

Eis o fechamento do mês e do ano:

Evolução do patrimônio anual: 35,24%
Evolução no mês: 5,34%


Abraços e excelente ano para todos!