segunda-feira, 8 de maio de 2017

O que procurar em relacionamentos?

Olá amigos investidores,


No nosso meio da blogosfera de finanças falamos muito sobre investimentos e arranhamos um pouco na parte de relacionamentos amorosos.
Naturalmente se propagou no nosso meio o tal "movimento da Real", que apesar de eu concordar com algumas coisas, se torna muitas vezes extremista na vilanização da mulher e no ceticismo de que não possam existir relacionamentos felizes e saudáveis no mundo. Acaba virando um refúgio de adultos fracassados em experiências amorosas.

Uma coisa que eu considero correta no movimento é evitar acreditar no amor romântico, aquela coisa bonitinha onde toca musiquinha cada vez que o casal se beija, onde o sexo é super lento e sensual e as pessoas estão sempre vivendo na propaganda da margarina. Isso realmente é muito raro na prática e a juventude de hoje está partindo cada vez mais cedo para a putaria e degradação moral, o que desencoraja ainda mais a busca por relacionamentos de longo prazo.

O casamento como algo sagrado e cheio de valores está em completa decadência pois não existe mais a religião como base e sim apenas um contrato do casal com o estado dizendo que a união existe e nada mais. As festas se tornaram verdadeiros espetáculos para agradar o ego feminino e gastar dinheiro, coisa que eu e boa parte aqui dos que lêem deve odiar.

Por isso, é importante refletirmos sobre nossos objetivos pessoais com relacionamentos. Nós aqui cuidamos do dinheiro e geralmente isso é uma tarefa muito simples comparada a de manter uma boa relação funcionando. Dinheiro é puramente matemática e comportamento. Se você alinhar corretamente seu conhecimento financeiro com os melhores hábitos o caminho para o sucesso pode ser trilhado sem maiores desafios.

Vejo muitas pessoas sofrendo no nosso meio (incluindo eu mesmo) criando sentimentos ruins e frustrantes sobre qual rumo tomar na vida. A busca pelo relacionamento perfeito cria expectativas irreais mas a opção de ficar sozinho também pode ser fantasiosa e tomar rumos desagradáveis. Vou tentar fazer uma lista do que devemos considerar:

Características encontradas em relacionamentos bons:


  • Boa companhia para todos os dias
  • Ter alguém para fazer programas a dois
  • Estabilidade nos sentimentos
  • Sexo mais satisfatório com química do casal
  • Dividir as tarefas do dia-a-dia
  • Construir uma família com ou sem filhos
  • Desenvolvimento pessoal
  • Aprendizados e novas experiências
  • Planejamento familiar

Características encontradas em relacionamentos ruins:

  • Comodismo e insatisfação
  • Responsabilidades com a outra pessoa
  • Obrigação de se relacionar com os membros da família da parceira
  • Sexo monótono ou ruim
  • Aceitar características ruins da parceira
  • Interferência nos hábitos financeiros
  • Submissão às vontades da parceira
  • Perda de interesse em cuidar da saúde
  • Brigas e estresse constante
  • União forçada por falta de dinheiro ou pelos filhos


Acredito que todos nós buscamos somente as características boas, porém infelizmente quando se tratam de sentimentos o nosso cérebro não funciona de forma tão eficiente e racional quanto deveria.
O lado afetivo do ser humano é baseado em experiências e modelos que vivenciamos ou observamos desde bebês até a adolescência, e muitas vezes somos levados a repetir esses padrões de forma consciente ou inconsciente na vida adulta, sendo eles bons ou ruins.

Os vídeos abaixo do canal The School of Life ilustram bem como as relações funcionam - e ajudam a entender porque nos comportamos da forma que nos comportamos:






Ninguém nos ensina corretamente como procurar e lidar com relacionamentos - assim como acontece com a educação financeira. Esse tipo de autoconhecimento deve ser buscado para que possamos encontrar a satisfação nessa área de nossas vidas e evitar as armadilhas que vemos diariamente em casais e solteiros infelizes. Assim como o sucesso financeiro, acredito que é perfeitamente possível encontrar o sucesso no amor; porém é muito mais difícil do que chegar àquele primeiro milhão.

Abraços!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Fechamento do mês - Abr/17

Olá amigos anônimos,


Estou sem postar coisas além do fechamento faz tempo, infelizmente. Estou colocando a vida em ordem, então acaba não sobrando muito tempo ou idéias para novos posts.

Abril foi um mês rápido, sem grandes novidades. Mês passado eu liquidei minhas posições no Tesouro Direto IPCA e Pré, agora eu coloquei uma parte dessa grana em Tesouro Selic para deixar o capital seguro e estável (Tesouro Selic sempre sobe). Minha estratégia é baseada na preocupação de que a economia volte a piorar caso as reformas não sejam aprovadas ou então depois da eleição de 2018, onde os potenciais candidatos são horripilantes e se não der nenhuma zebra, a chance de um esquerdista mongol ganhar é grande.
Tivemos a ameaça de greve geral nessa sexta dia 28/04 e foi um tremendo fiasco, literalmente meia dúzia de pelegos da CUT tentando fechar algumas rodovias. Índios de adidas (apropriação cultural?), sindicalistas e funcionários públicos dando seus últimos suspiros pois o brasileiro comum finalmente acordou e viu que essa galera só quer saber de proteger próprio rabo.
Eu espero que a CLT mude muito mais do que essa reforma propõe, o Brasil tem muita coisa pra melhorar e um dos entraves é essa maldita lei trabalhista. Sou PJ há 6 anos e foi a melhor decisão que tomei. Basta você ser realmente qualificado e ter valor pro mercado de trabalho (vagabundos da CUT odeiam esse conceito) e não precisa de Estado te protegendo.

Uma coisa que todos precisam abrir o olho a partir de agora é a censura que as redes sociais e gigantes de busca como Facebook, Google e Twitter estão impondo como resposta as chamadas "fake news", termo adotado fortemente por toda a mídia mainstream depois da derrota de Trump, sem qualquer prova ou dado concreto. Emissoras como CNN e NBC propagaram por meses notícias falsas a favor de Hillary sem o menor pudor, mas quando Trump venceu a vitória foi atribuída a blogs e youtubers independentes que simplesmente fizeram um trabalho muito melhor do que a imprensa comprada.
Com isso Facebook e Google implementaram um sistema descarado de censura com a desculpa para prevenir fake news, mas o que está acontecendo de fato é que canais famosos de liberais e direitistas estão simplesmente sendo rotulados como propagadores de notícias falsas deliberadamente, enquanto todos os canais de extrema-esquerda continuam livres. A consequência é que além dos canais de direita sumirem das buscas, eles não poderão mais ser monetizados no YouTube, removendo o incentivo econômico de geração de conteúdo. É uma bomba na liberdade e todos nós estamos sentados apenas observando essa utopia socialista de controle de opinião se propagar silenciosamente.


Bom, vamos ao fechamento:

Rentabilidade do mês: +4,90%
Aporte: R$ 5680,00


Os Bitcoins sempre surpreendendo positivamente voltaram a subir forte e agora estão batendo recordes históricos com bastante volume e solidez. Consequentemente tive mais um salto forte no patrimônio.
De resto nada mais se destacou muito. Tive que fazer um empréstimo para um familiar, não coloquei como débito e sim como se o dinheiro tivesse sido movido para uma outra conta. Conforme ele for me pagando, a porcentagem no patrimônio vai diminuindo.
Dei uma rearranjada na carteira de FIIs que segue estável e muito bem. Infelizmente os CDBs e LCIs não estão mais rendendo como antigamente porém a inflação também caiu então em termos de ganho real não faz muita diferença, é melhor ter uma economia rodando mais saudável.


Até o momento estou com uma evolução anual monstruosa de 21% basicamente por conta dos Bitcoins e dos lucros com a venda antecipada dos TDs. Para fins de comparação, alcancei essa evolução no ano passado somente no mês de setembro! Está realmente tudo fluindo maravilhosamente bem na parte financeira.

Os problemas do dia-a-dia que me levaram a ansiedade e depressão estão pouco a pouco se resolvendo, mas ainda preciso resolvê-los corretamente para me livrar da fase ruim na vida pessoal. Pelo menos tenho o conforto de que o patrimônio está decolando. Hehehe.




Abraços e bom mês de maio para todos!


quarta-feira, 5 de abril de 2017

Fechamento do mês - Mar/17

Demorei, mas cheguei!

Março passou demorado, nada de muito importante aconteceu nas finanças. Liquidei o TD, estou um pouco pessimista com a recuperação da economia. Vou tentar focar em outros investimentos por enquanto, mesmo que rendam menos, mas achei importante realizar o lucro nos títulos IPCA que renderam bastante.

Por isso estou com uma grana alta desalocada que pouco a pouco vou colocar inicialmente em aplicações conservadoras e talvez algumas mais arriscadas. Esse mês também comprei uma debênture da Cemig que paga 9,4% + IPCA por um período de uns dez anos. Nada mal.

Bitcoins ficaram no marasmo esse mês, nenhuma novidade nessa área. Alguns FIIs deram uma caída e eu vou analisar de reforçar um pouco essa carteira, que é bastante estável também.

Como eu liquidei o TD e eu não contabilizava o valor de mercado dele, isso deu um forte impulso no meu fechamento do mês.

Rentabilidade do mês: +5,98%
Aporte: R$ 3500,00

O triste é que a partir de agora dificilmente eu conseguirei rendimentos tão grandes em um único mês. A carteira provavelmente vai crescer a passos bem menores até o final do ano, o único grande fator de oscilação atual são os bitcoins.



A vida pessoal infelizmente anda ruim... crises de ansiedade, episódios de depressão... mas estou procurando ajuda médica. A cabeça anda ruim e eu tenho uma forte tendência a ser ansioso (genética) o que piora bastante a situação. Mas faz parte.

Abraços!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Fechamento do mês - Fev/17

Olá aportadores!


Fevereiro foi mais um mês extremamente lucrativo graças aos bitcoins e também de mais uma queda da SELIC, que foi acompanhada pela natural valorização dos títulos do Tesouro e também dos Fundos Imobiliários.

O brasilzão continua na mesma mas a diferença é que em fevereiro o pessoal samba e vai pra putaria pra buscar a felicidade. Como sempre fui um cara mais tradicional inadepto dessas festividades cada vez mais idiotas, fui para o interior apreciar a paz do campo e comida de boa qualidade rsrs.

Aporte: R$ 3200,00
Evolução: 6,21%


A parte de "Outros" do gráfico se refere a um punhado grande de bitcoins que vendi e ainda não sei a que vou destinar. O resto continua igual. FIIs eu não compro nada faz meses, está estática a minha carteira, esse mês completa um ano de existência e que me trouxe um excelente resultado.

Nos últimos 3 meses meu patrimônio subiu feito um foguete principalmente graças aos amados bitcoins. Eu sempre fui otimista com relação a moeda, mas confesso que foi uma disparada muito além do que eu esperava para um prazo tão curto! Nada mal!

Ando bastante indeciso sobre meu futuro, o que está me fazendo ficar paralisado no meu estado atual, o que não é nada bom. Tenho algumas preocupações, principalmente no que diz respeito à relacionamentos, talvez acabe comentando aqui em um post. Como comentei no post "O que fazer após a independência financeira?", estou me sentindo vazio em outras áreas da minha vida, agora que as finanças estão bem encaminhadas. Queria ter a cabeça menos preocupada para ter uma vida mais leve...

Abraços e um excelente mês de março a todos!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Bitcoin rompe a máxima histórica

Olá aportadores,


Estamos nesse momento presenciando o rompimento da máxima histórica do Bitcoin! A moeda já se aproxima dos 1200 dólares!
Quem acompanha o blog sabe que eu invisto em Bitcoins desde o final de 2015 e desde então ele se tornou o meu ativo com maior crescimento, disparado.



Está caro? Está barato?

Responder a essa pergunta é muito díficil. Lembrando que o Bitcoin possui as seguintes propriedades:


  • Moeda deflacionária, não controlada por nenhum Banco Central keynesianista
  • Total fixo de moedas a serem emitidas de 21 milhões (infinitamente divisíveis, hoje com 8 casas decimais, mas pode ser alterado futuramente)
  • Regras bem definidas para a emissão de novas moedas (hoje 12,5 moedas são geradas como recompensa para cada novo bloco, e daqui um tempo isso cai pela metade, gerando mais escassez)
  • Anonimato para o usuário, o dono da carteira é aquele que conhece a sua chave privada e fim
Esses são alguns fatos recentes:
  • Mais e mais corretoras surgindo ao redor do mundo, trazendo volume para a moeda
  • Muitas startups criando produtos e serviços com base no Bitcoin, como o purse.io, que permite comprar pela Amazon usando Bitcoin com descontos
  • China, a grande potência comunista que escraviza sua população e controla toda a internet no país, não está conseguindo barrar o uso de Bitcoin que seu povo agora usa para fugir da moeda local manipulada e fraca, trazendo grande demanda
  • Mudanças na rede são aguardadas nos próximos meses trazendo maior velocidade nas transações e buscando eliminar o gargalo atual que é a demora na confirmação de pagamentos
  • Existem vários projetos de ETFs que querem operar Bitcoins, o mais popular deles criado pelos gêmeos Winklevoss (aqueles do Facebook) será julgado dia 11 de março. Existe uma pequena chance de aprovação, mas caso se concretize, esse fundo traria uma enxurrada de bilhões para o Bitcoin
  • O cerco está se fechando em vários países contra a moeda de papel. Com a desculpa de ser um meio de usar o dinheiro para fins ilícitos, na verdade o desejo dos burocratas é transformar o dinheiro todo em algo 100% digital, facilmente rastreável e confiscável
  • O dinheiro que temos hoje não possui lastro e sua emissão é totalmente controlada pelo governo, que pode decidir acabar com o seu valor do dia pra noite
  • O mundo caminha para o estouro de uma bolha de crédito alimentada após a crise de 2008 (que nunca acabou, apenas foi silenciosamente inchada para um desastre futuro ainda maior)
Acredito que estamos em um momento histórico onde as chances de ocorrer um cisne negro (evento altamente inesperado com consequências imprevisíveis) são enormes e a moeda como conhecemos nunca esteve tão fragilizada. Toda a moeda existente hoje é baseada na confiança de que ela tem algum valor, pois ela não está mais amarrada a nenhum ativo real.

Dito isso, se realmente um crash vier a ocorrer, creio que haverá uma fuga em massa da moeda para ativos reais como imóveis, ouro e agora os Bitcoins. Mesmo se o crash não ocorrer, caso o Bitcoin continue na trajetória de sucesso atual, ele consequentemente irá se valorizar pouco a pouco frente as moedas inflacionárias comuns.

Essa é minha visão, por isso acredito que a longo prazo a tendência é que o Bitcoin continue subindo de forma sustentável. A curto prazo, podem ocorrer oscilações de todos os tipos, correções bruscas e tudo mais que estamos acostumados a ver em um mercado livre. Cabe a cada um estudar e decidir o que fazer (ou passar longe rs).




Abraços!


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

O que fazer após a independência financeira?

Olá aportadores,


Geralmente a blogosfera trata da questão da independência financeira como um objetivo de longo prazo a ser alcançado e a maior parte do público são pessoas que querem enriquecer com seus investimentos mas ainda tem um longo caminho pela frente. Ok, mas e se você já chegou lá? O que fazer?



É muito importante que o lado psicológico do investidor esteja preparado para ser financeiramente independente; afinal você terá muito mais liberdade para fazer o que quiser, trabalhar com o que quiser e ter a vida pessoal mais apropriada para o seu perfil. Entretanto, a riqueza por si só não trará a felicidade automaticamente. Pelo contrário, ela irá expor de forma mais clara os problemas que você possui no restante da sua vida.

Veja só o cenário padrão: as pessoas passam a maior parte da vida trabalhando e pagando contas. Uma das maiores preocupações das pessoas comuns é justamente com o próximo salário que em geral acaba mais rápido que o mês. Muitos adultos dedicam toda a sua vida até a aposentadoria dentro da famosa corrida dos ratos. A corrida dos ratos acaba se tornando o estilo de vida padrão que vemos em todas as pessoas ao nosso redor. Com qual frequência ouvimos as pessoas reclamando da falta de dinheiro no dia-a-dia? Acredito até que muitos casamentos infelizes persistem justamente por questões financeiras (um depende do outro financeiramente para poder sobreviver e continuam na união insatisfatória por conta disso).

Ao conquistar a liberdade financeira todos esses problemas que as pessoas ao seu redor enfrentam por não saberem lidar com o dinheiro desaparecem da sua vida. Porém, outros problemas podem "preencher" esse vácuo com maior intensidade. Um relacionamento monótono pode se tornar um relacionamento muito infeliz se o(a) parceiro(a) não corresponde as suas expectativas. Seu emprego pode se tornar sem sentido pois você não depende mais daquele dinheiro e não sente que faz algo de útil ou satisfatório com seu tempo. Suas amizades podem se tornar vazias pois você não tem com quem conversar sobre seus investimentos e seus planos, já que todos estão presos na corrida dos ratos.

Veja só o que acontece na vida de pessoas ricas e famosas. A liberdade proporcionada pelo dinheiro acaba destruindo as pessoas de mente mais fraca. Alguns entram para uma vida hedonista de luxo, ostentação e desprendimento de qualquer valor ético e moral que seja um obstáculo para seus impulsos. Outros se afundam em vícios e relacionamentos curtos e destrutivos. Outros se sentem até mesmo culpados por terem tanto e buscam desesperadamente um sentido maior para suas vidas, geralmente se tornando parte do "esquerdismo caviar" como caminho mais fácil (o jeito mais fácil de poder aproveitar seu jatinho particular altamente poluidor sem remorso é militar contra o aquecimento global ao estilo Leonardo DiCaprio).



Pessoas comuns geralmente não se dão ao luxo de estragarem suas vidas dessa maneira por não terem tempo e dinheiro em abundância e estarem presas a rotina de trabalho e salário. Quantas pessoas você conhece que se ficassem milionárias amanhã com certeza torrariam o dinheiro de forma imprudente com decisões estúpidas? Se até mesmo nós que dedicamos boa parte da nossa vida em aprender a lidar com o dinheiro corremos o risco de desvirtuarmos as nossas vidas ao obter a riqueza, imagine colocar esse poder nas mãos de pessoas que jamais fizeram um simples orçamento doméstico.

As pessoas comuns vivem vidas menos ambiciosas. Casam com pessoas comuns sem ambição, vivem cercadas de colegas e amigos comuns sem ambição. Já quem busca a independência financeira acaba virando um ponto fora da curva e tem dificuldade de se encaixar nos meios sociais tradicionais. Quando o dinheiro não é um problema na sua vida, as pessoas que possuem problemas com o dinheiro podem acabar te prejudicando involuntariamente. Quantas vezes você já não se irritou ao ver alguém reclamando de dinheiro enquanto gasta tudo de forma estúpida com um estilo de vida que não condiz com o patrimônio? Quantos problemas familiares acontecem por causa da falta de dinheiro ou da imprudência de um parente que vive sustentado pelos demais?

É importante preparar a mente para estar preparado pro caso de uma eventual riqueza assim como para o caso de um revés financeiro. Nas outras áreas de sua vida você está caminhando para o rumo que gostaria? A pessoa que está ao seu lado será um aliado ou um problema quando você ficar rico? Sua família é interesseira e vai te procurar buscando favores? Seu emprego te satisfaz ou você pretende largá-lo? Se largá-lo, vai fazer o que no tempo livre? Irá fazer trabalhos voluntários para ajudar as pessoas necessitadas ou tentar passar seu conhecimento financeiro para quem precisa? Qual será sua filosofia de vida? A religião terá um papel para te ajudar no seu crescimento espiritual (no sentido mais amplo da palavra)? Você quer constituir família e filhos ou se desprender do padrão geral?


Abraços!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Islã

Hora de polêmica!

O mundo está sendo invadido pela onda mais estúpida de esquerdismo que a humanidade já vivenciou e cujo objetivo principal é destruir completamente a sociedade ocidental que foi criada com base na cultura judaica/cristã.
A esquerda mundial fez o alinhamento mais bizarro já visto na intenção de detonar o capitalismo e conquistar a tão sonhada igualdade universal que nos tornará formigas a serem adestradas por um Estado gigante e totalitário: a promoção do islamismo e a invasão da Europa por seus seguidores de forma massificada e sem controle.
Antes de reclamarem da crise dos refugiados, alguns dados bastante relevantes:
60% dos imigrantes que chegam a Europa não são refugiados. Estão apenas saindo de sua terra natal para tentar a sorte em um país melhor.
Grande parte desses imigrantes são homens jovens fortes em idade militar. Aquela imagem romantizada das famílias com crianças fugindo da guerra infelizmente é a grande minoria. O que temos ali são possíveis soldados invadindo o território europeu no maior cavalo de tróia já visto pela humanidade.

Por que a esquerda está promovendo essa agenda?

Esquerdistas em geral odeiam todos os valores que fazem o ocidente tão bom: propriedade privada, acumulação de capital, cristianismo, família tradicional. Todos esses elementos que moldaram boa parte da cultura são obstáculos para uma agenda socialista onde o Estado deveria ser o Deus da civilização, cuidando de todos com a ternura de um pai carinhoso.
Os jovens de hoje vão para a faculdade para aprender que são seres especiais e que o mundo é um lugar mágico onde todos os problemas podem ser resolvidos transformando os humanos em formigas sem pensamento livre, submetidos a um poder central que irá ditar todas as regras de nossa vida, nos colocando em uma realidade utópica maravilhosa onde todas as injustiças serão eliminadas.
A estupidez da esquerda é tamanha que o uso da burca está sendo promovido como um sinal de empoderamento feminino. Qualquer criança de 7 anos consegue ser mais coerente do que o discurso esquerdista que está sendo aplicado para promover o islamismo.
A verdade é que o islamismo está sendo usado como uma ferramenta da esquerda para conseguir atingir a maldita sociedade igualitária que tanto sonham, destruindo todos os valores que moldaram o ocidente. A promoção da agenda maldita que consegue ao mesmo tempo promover o extremo-feminismo e defender que o povo aceite seus bairros, escolas e igrejas sendo invadidas por uma cultura machista repugnante que os odeia e os enxerga como infiéis.

Quais são as consequências?

Bairros tomados por muçulmanos que não aceitam outra lei a não ser a Sharia (lei islâmica).
Mulheres sendo estupradas e molestadas ao andarem na rua.
Mulheres sendo agredidas violentamente por muçulmanos.
Crianças sendo abusadas e parques sendo tomados por adultos violentos.
Bairros sendo invadidos por passeatas de muçulmanos violentos.

Tudo que estou falando aqui é real e pode ser conferido nos vídeos abaixo, para quem acha que está havendo algum exagero ou teoria da conspiração.















Alguns idiotas dizem que devemos respeitar todas as religiões e alguns chegam a dizer que o islamismo não é muito diferente do cristianismo, que também promoveu guerras e conflitos no mundo inteiro. Temos abaixo o vídeo de um muçulmano convertido que explica com mais detalhes as diferenças entre cada religião. Vejam até o final.





Essa é a crise mais grave que está crescendo diante de nossos olhos e basicamente todos os líderes mundiais estão pouco se importando com isso, pois atende aos objetivos da esquerda. A maioria dos países islâmicos não são democráticos, com seus líderes vivendo na riqueza absoluta enquanto o povo se satisfaz com a cultura bárbara promovida pelo alcorão. Um prato cheio para todos os amantes de ditaduras como o patético primeiro-ministro canadense.





Em pouco tempo a Europa será de maioria islâmica e todos os IDIOTAS ESQUERDISTAS que lá vivem terão de fugir para qualquer país civilizado que ainda os receba, quando perceberem que seus cartazes de apoio à imigração descontrolada serviram apenas para que o vizinho gay fosse condenado à morte pela Sharia, que suas mulheres perdessem o direito de andar livremente e que o vazio do secularismo fosse tomado por uma religião que promove o ódio e a destruição de todos que não a seguirem.


As perguntas que ninguém está fazendo pois o politicamente correto não permite:

  • Como poderemos integrar a uma sociedade livre, com liberdade religiosa, sem interferência da igreja com o Estado, uma outra cultura que prega uma religião única, a morte dos infiéis, e um código de leis a serem seguidos completamente incompatível com a nossa?
  • O que acontecerá quando eles se tornarem a maioria em uma sociedade cuja taxa de natalidade é de 1,8 crianças por casal enquanto a deles é de 8,1?
  • Até onde podemos ceder ao "costume religioso" quando isso entra em conflito com as leis que moldaram a sociedade livre?
  • Qual o impacto no desenvolvimento de uma sociedade ao incluir uma cultura que tem aversão pela ciência e parou no tempo?


Amiguinhos esquerdistas, saiam da bolha em que vivem e lutem para que a sociedade ocidental que vocês tanto amam odiar não seja realmente destruída por uma cultura bárbara que trará o fim de toda a liberdade que vocês tanto valorizam antes que seja tarde demais.

O autor dessa tirinha genial teve sua conta no Twitter suspensa sem maiores detalhes, provavelmente por ofender os esquerdistas que comandam a empresa. Ele continua no gab.ai.