terça-feira, 12 de julho de 2016

Carteira do Nerd

Olá aportadores,

Algumas pessoas tem me questionado nos comentários qual seria a minha carteira de ativos atual. Sim, é o mínimo que um blog desse perfil deveria publicar, mas eu sou preguiçoso e sempre posterguei essa tarefa, até agora rs.

Eis a carteira do Nerd, destrinchada:

Fundos imobiliários (17,5% da carteira)

Comecei essa carteira em fevereiro para capturar a recuperação lenta da economia e a queda da taxa básica de juros, além de buscar a renda recorrente dos aluguéis.

Eis os títulos que a compõem divididos em fatias da carteira:



Como podem ver é uma carteira extremamente diversificada. O yield médio dela está em torno de 0,96% ao mês, além dela já ter valorizado aproximadamente 10% desde o começo. A idéia aqui é diluir o risco inerente aos aluguéis e buscar ter imóveis de diferentes tipos. Sigo indicações de serviços contratados para análise de papéis pois não sou bom nisso e nem tenho interesse de estudar a fundo cada título.

Tesouro Direto (51% da carteira)

Carteira bastante defensiva baseada em IPCA 2024 e Pré-fixados, todos adquiridos antes de Janeiro/2016 (onde os títulos ainda refletiam a expectativa de aumento na Selic, que foi revertida inesperadamente). Por isso se eu vender tudo agora a mercado estimo um ganho líquido de uns 10% no valor total da carteira. Talvez eu venda alguns pré-fixados quando a Selic efetivamente começar a cair e troque por IPCA 2035, mas por enquanto a estratégia é manter.



Bitcoins (9% da carteira)

Bom desde o ano passado eu comento sempre sobre bitcoins aqui e hoje aloco quase 10% da minha carteira na moeda virtual. Quanto mais eu leio sobre mais me empolgo sobre as perspectivas futuras com os bitcoins. Acredito que em meio as crises iminentes que podem explodir a qualquer momento na China e Europa além do mar de dinheiro barato que os BCs do mundo inteiro desovam afim de segurar a crise e deixar pra próxima geração a conta dessa brincadeira, muitos investidores irão procurar refúgio nos bitcoins e altcoins diversas. Fora as vantagens tributárias de estar fora do alcance do fisco e do sistema financeiro em geral. Se você presta serviços, trabalha como PJ, faz freelas... estude e aproveite as vantagens da moeda.
Sim minha alocação é relativamente alta e quero manter em no máximo 10% para minimizar o risco.

CDBs, LCIs e Poupança (20% da carteira)

Aqui não há muito o que detalhar. Compro títulos de bancos menores com prazos de 2 anos em média pagando acima do CDI, além de deixar uma parte menor em um CDB de liquidez imediata para poder utilizar em oportunidades pontuais de mercado (crashs da bolsa por exemplo).

Free float (2,5%)

Essa grana eu dedico para meu playground. Compro e vendo ações geralmente em swing trades. Essa hoje é a grana que eu uso para ações.

Porque não tem mais dinheiro em ações?

Estou sem paciência com a bolsa de valores, os fundamentos foram deixados de lado faz tempo enquanto a política não é arrumada no Brasil. Por isso desisti por um tempo de formar uma carteira de dividendos como já fiz no passado e tive muita dor de cabeça. Fico triste pois a nossa bolsa de valores é muito limitada, não existem start-ups, não existe inovação, apenas empresas gigantescas, boa parte delas amarrada com as merdas do governo, e as que podem fecham capital e caem fora. Pra mim não está valendo a relação risco x retorno. Faço meus tradezinhos com o pequeno capital direcionado para isso e já era. Digo isso como uma pessoa que por muitos anos tentou e patinou bastante na bolsa. Hoje durmo tranquilo.

De quanto dinheiro estamos falando?

Aproximadamente R$ 440k. O mais interessante é que a carteira tem crescido rápido desde o começo do ano passado onde a crise pegou forte. Em Janeiro/2015 era de +/- R$ 300k. Fui pra defensiva, além de ter conseguido aportar forte em alguns meses com rendas extras, e deu certo.

É isso aí!



19 comentários:

  1. show! agora dá pra ter uma visão mais clara de suas estratégias frente ao patrimônio!
    poderia me add na sua lista? to adicionando seu blog :)

    ResponderExcluir
  2. "Estou sem paciência com a bolsa de valores"
    Agora que o negócio tá começando a esquentar?! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... sei que posso estar perdendo o bonde, mas como a estratégia atual tem dado certo, prefiro continuar mais afastado do mercado de ações rs.

      Abraço!

      Excluir
  3. Tá mais qdo a selic baixar vc vai investir da mesma forma?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente vou mudar, mas ainda não sei ao certo. Com a Selic caindo meus títulos atuais vão valorizar, além dos FIIs.

      Abraço!

      Excluir
  4. Concordo com o Uo... Os momentos mais tensos são os mais indicados para formar uma carteira consistente de participações societárias focadas em dividendos...

    Sobre bitcoins... Tenho um pé atrás enorme... Bitcoin é nada... é uma commodity totalmente sem lastro ou sem aplicação na vida real... O ouro, por exemplo, é utilizado para produzir diversos produtos eletrônicos... Existe fisicamente e é referência para reserva de valor... O dólar é lastreado pelo governo dos EUA... Cada dólar emitido tem por trás uma dívida do Fed com o Tesouro norte-americano... E bitcoin? Não é nada! Apenas um registro eletrônico... Por exemplo, a múltiplus poderia transformar seus pontos em moeda virtual...

    Mas meu principal ponto de atenção é o governo... Por enquanto ele está deixando quieto... O mercado ainda não incomoda... Mas em algum momento ele vai querer intervir, regulamentar e taxar... E se não conseguir intervir do jeito dele o bacen pode penalizar as instituições que operam e/ou a justiça pode simplesmente bloquear o site! Diversos governos pelo mundo fazem isso... Não especificamente com bitcoins, mas com qualquer site que não agrade...

    Enfim, sou a favor de iniciativas liberais, sou anti-governo... Mas acredito que os riscos de utilizar bitcoins como reserva de valor ainda não foram bem mitigados... Nada contra ter bitcoins como parte da carteira, para alguma estratégia específica... Mas utilizar como reserva segura não sei não...

    Mas confesso que conheço pouco de bitcoins... Como não me interessei, nao fui atrás de informações mais detalhadas...

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu preferi por enquanto formar a carteira focada em aluguéis... oscilam menos e são mais fáceis de controlar...

      Entendo sua preocupação com os bitcoins, mas pra mim as moedas hoje são tão digitais quanto o bitcoin, a diferença é que existe um controle centralizado dos bancos centrais para a emissão de dólar, real, euro... que são inflacionadas livremente de acordo com os interesses políticos e econômicos. As moedas hoje são baseadas completamente na confiança que temos no sistema bancário e como podemos ver diariamente qualquer peido em qualquer país do mundo faz essa confiança tremer e causa pânico nos mercados.

      O bitcoin é mais do que apenas um registro eletrônico: é uma moeda que segue todos os princípios básicos que compõem uma moeda. Infinitamente divisível, escassez controlada, livro-razão descentralizado, durabilidade infinita... e o Bitcoin (em maiúsculo) é um sistema de pagamento completo internacional que elimina todos os intermediários e taxas e faz uma transação de comprar um pão na padaria ser igual a comprar um produto diretamente da China.

      Quanto a questão governamental isso realmente pode atrapalhar mas é impossível barrar a compra/venda de bitcoins, não é necessária nenhuma corretora para isso, as carteiras são anônimas e dificilmente algum governo vai conseguir interferir pra valer.

      Se tiver tempo confere esse documentário, vale muito a pena: https://www.youtube.com/watch?v=bltL7zRXhhs

      Abraço!

      Excluir
    2. Tem essa foto que faz uma comparação bem-humorada entre dólar, bitcoin e ouro rs: https://getabitcoin.files.wordpress.com/2014/04/goldvsbitcoinvsdollar.png

      Excluir
    3. Nerd,

      Bacana ... sobre bitcoins.. você faz análise de preço? Algum bom ponto de entrada? Ou simplesmente aporta todo mês um pouquinho? Outra pergunta, você já usou esses cartões de crédito que possibilita gastar diretamente em dólar por ex?

      Atc,
      Rodolfo Oshiro

      Excluir
    4. Análise de preço é foda com bitcoin... ultimamente eu vou comprando de pouquinho. Já usei sim e funcionam muito bem. É uma ótima forma de planejar uma viagem internacional comprando bitcoin, convertendo em dólar e carregando no cartão. Em alguns momentos a cotação do dólar bitcoin fica bem próxima do dólar comercial, ou seja, sai mais vantajoso do que casa de câmbio ou usar cartão internacional pagando IOF.

      Abraço

      Excluir
    5. Beleza, obrigado pelas respostas!

      Excluir
    6. Excelente comentário do investidor de risco!

      Excluir
  5. Interessante Nerd, seu ponto de vista sobre as ações e a respeito. no Brasil para investir em ações tem que ter muito sangue frio. Uma empresa que é boa em um ano, no outro apresenta prejuízo...por aí vai. Ainda assim gosto muito de investir nessa classe, principalmente nas boas geradoras de renda passiva como Grendene, Metal Leve etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu decidi depois da minha própria experiência com dividendos que a forma mais estável seria os FIIs. Oscilam menos, mais fácil para diversificar e estão bastante correlacionados com a SELIC e as perspectivas de alta/baixa da taxa de juros. Um dia quem sabe eu volto a focar numa carteira de dividendos rs. O triste do Brasil é ver que não existem mais IPOs, pelo contrário, as empresas estão fechando capital e caindo fora da bolsa.

      Abraço

      Excluir
  6. Peço desculpas pela intromissão, mas talvez alguém possa se interessar. To me desfazendo de alguns livros.

    http://imagizer.imageshack.us/v2/1249x799q90/921/CYfmAx.jpg

    Ficaria agradecido se pudesse deixar meu comentário aqui. Mto obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Are you frustrated from searching for bitcoin faucets?
    Double your claiming speed with this new BTC FAUCET ROTATOR.

    ResponderExcluir
  8. From my experience the ultimate Bitcoin exchange service is YoBit.

    ResponderExcluir